domingo, janeiro 29, 2012

Entidade inaugura biblioteca comunitária em Itaguaí neste sábado

Será inaugurada neste sábado (28/01), a quinta biblioteca do projeto ‘Um Pé de Biblioteca’, na Comunidade de Chaperó, em Itaguaí. Com uma base de mais de 500 livros infantis, estantes, mesas, cadeiras, computador e material para desenho, o espaço deve atender entre 300 e 500 crianças por mês.
A Biblioteca de Chaperó fica na Gleba A, onde antes eram ministradas aulas de reforço escolar.

Dentro do terreno de uma igreja, os voluntários serão os próprios membros da comunidade, reforçando o princípio da contrapartida, em que cada um entra com o que pode para ajudar na construção do lugar. O ‘Um Pé de Biblioteca’ é um projeto da entidade sem fins lucrativos Crescendo Feliz, que busca implantar bibliotecas em comunidades carentes buscando fomentar a cultura e a leitura no dia a dia de crianças e jovens carentes.

"Nossa ideia é que o projeto cresça para poder ajudar cada vez mais jovens. Acreditamos que a mudança da realidade é feita através da educação", explica André Lara Resende, presidente da Crescendo Feliz.

A meta do projeto é achar comunidades que busquem e queiram esse conhecimento e aliar com a disposição de um grupo de voluntários. São biólogos, advogados, engenheiros, programador de web, designers e jornalistas de diferentes estados - e até países.

Dos quatro espaços inaugurados, dois ainda precisam de apoio: a biblioteca do Mano, em Mesquita, e a de Biquinha, em Santa Teresa. Já as bibliotecas do Rosal e de Bom Jesus do Itabapoana são praticamente autosuficientes.

“Nossa meta é seguir abrindo bibliotecas onde enxergamos a necessidade de uma. Nessa caminhada enfrentaremos dificuldades e melhoraremos o projeto, tornando-o mais funcional e assertivo.

Padronizaremos todas para buscar o apoio de empresas e programas voltados pra educação”, disse André.
O projeto ‘Um Pé de Biblioteca’ tem vagas disponíveis para voluntários das mais diversas formações. Conheça melhor os projetos através dos sites: www.crescendofeliz.org.br e www.umpedebiblioteca.org.

Reações:

0 comentários: